sábado, 15 de abril de 2017

NUM PEDACINHO DO CÉU

   Amados irmãos e irmãs que leem este espaço virtual, glória e louvor ao Senhor nosso Deus, de Israel, de Isaac e de Jacó. Ele nos revela maravilhas que aumentam geometricamente as nossas esperanças e a nossa fé em Deus e em Seu filho redentor Jesus Cristo cuja páscoa celebramos hoje.
    Ontem, a rede Globo de televisão exibiu o filme "O céu é de verdade" baseado no livro do pastor americano Todd Burpo. Basicamente é a história de menino Colton, filho de Todd, acometido aos 4 anos de uma apendicite que havia rebentado, deixando-o entre a vida e morte. Neste átimo de tempo, Colton esteve no colo de Jesus e foi recebido pelo avô e por uma irmã que sequer sabia que existia. Ele contou à sua mãe que ela havia tido um aborto e que a menina (sem nome) recebeu-o com muita alegria no céu.
    Enquanto assistia às cenas do filme, lembrei-me que também eu em 1980 havia perdido minha segunda filha, natimorta, sem conhecer a causa-mortis. Então fui possuído de extrema alegria e louvores e agradecimentos ao Pai. Com efeito, se a irmã que Colton nem conhecia estava no Reino de Deus, minha filha que jamais viu a luz deste mundo, também está. Meu coração rejubilou-se de tamanha alegria. Obrigado Senhor, não mereço essa recompensa. Tudo é vossa graça! Quanto Vos adoramos e glorificamos, ó Pai maravilhoso!!!
Dai-nos ó Pai o mesmo destino de minha filha e da irmã de Colton!!! Vos pedimos por Jesus Cristo nosso Único intercessor e Salvador dos homens!
    O filme faz um paralelo com a menina lituana, chamada Akiane Kramarik que encontrou na pintura. desde seus primeiros anos, a revelação divina do verdadeiro rosto de Jesus. Certo noite ela pediu a Jesus para vir até sua casa a fim de que ela pudesse retratá-lo. No dia seguinte apareceu um homem no portão a quem Akiane atendeu. Disse-lhe o homem: Eu sou Jesus, o Filho de Deus. O retrato foi este desenhado por Akiane:

AO VER ESTA IMAGEM, COLTON EXCLAMOU: "É ELE!!!"
MENINA PRODÍGIO AKIANE KRAMARIK.


sábado, 25 de março de 2017

NÃO EXISTIR PARA SI MESMO

     O nosso querido Papa Francisco deixa-nos uma mensagem tão simples quanto divina, parece o próprio Cristo a nos fazer recordar: "Viveis para os outros, não para vós!" Assim o Pai de Misericórdia fez a natureza dada de presente para cada um de nós. Bendito e louvado seja o Senhor Deus do universo, adorado seja para todo o sempre!

Bela Reflexão

"Os rios não bebem sua própria água; as árvores não comem seus próprios frutos. O sol não brilha para si mesmo; e as flores não espalham sua fragrância para si. Viver para os outros é uma regra da natureza. (...)
A vida é boa quando você está feliz; mas a vida é muito melhor quando os outros estão felizes por sua causa".

Papa Francisco - Ordem dos Jesuítas



quinta-feira, 23 de março de 2017

MOMENTOS

Há momentos inevitáveis
Que o coração da gente pede respostas
É nessa hora
Que a gente diz que não entende a vida e chora

Se a gente soubesse
O quanto merece cada um
O que cada um tem
A gente nada pediria
Simplesmente o bem faria
Para merecer o bem

Eu, que sempre tive o que dizer
Hoje, ouço em silêncio
Levei tempo pra entender
Que só o tempo
Apenas o tempo nos ensina a viver

MOMENTOS - VITOR E LEO (LINDO)

sexta-feira, 17 de março de 2017

VERDADEIRA MISSÃO DO CRISTÃO (VÍDEO EXEMPLAR)

     Que discurso espetacular! Isto sim é pregar o evangelho! As palavras comovem, porém, Deus quer que cada um de nós aja, pratique no dia a dia tudo o que Seu Filho Jesus Cristo nos ensina.
Ouça a palavra completa, são pouco mais de dezesseis minutos...Se você gravá-las em seu coração, sua vida mudará e você sentir-se-á muito mais feliz aqui na terra e - melhor ainda, na Eternidade!!!

LAGO NETO aconselha a que todos, independentemente de sua fé religiosa ou ausência dela,  ouçam, com atenção, a homilia ora divulgada.

quinta-feira, 9 de março de 2017

NOSSA IGREJA SE PERDENDO

    Rodrigo Constantino em seu blog traz um importante artigo sobre o colégio Santo Agostinho, do Rio de Janeiro, um dos melhores do país no ensino onde o próprio Constantino se formou. Leia seu artigo neste LINK
    O colégio católico por excelência usa o anti-cristão Gregório Duvivier como tema de uma prova de português. Segundo Constantino, isto é um retrocesso ou decadência da religião católica, inclusive, segundo ele, aviltando o próprio santo que empresta o nome à escola. Será que a parte intelectual do catolicismo está mesmo regredindo?

sábado, 28 de janeiro de 2017

AS BOAS OBRAS SÃO IMPUTÁVEIS

    Toda hora recebemos revelações de alguém cometeu algum delito ou vários crimes que por certo tempo ficaram encobertos. No Brasil a operação Lava Jato principalmente nos trouxe à tona a face oculta de diversos políticos e empresários. Crimes de lavagem de dinheiro, caixa dois em campanhas políticas, propinas, desvios do erário público em obras sobrefaturadas, uso de "laranjas" para acobertar verdadeiros donos...E tantos outros.
    Então nos vem à mente a fabulosa Carta de Paulo aos Gálatas, no capítulo 5, em que o apóstolo descreve a "Vida pelo Espírito" nos versículos 16 e seguintes:
"Por isso digo: Vivam pelo Espírito, e de modo nenhum satisfarão os desejos da carne. Pois a carne deseja o que é contrário ao Espírito; o Espírito, o que é contrário à carne. Eles estão em conflito um com o outro, de modo que vocês não fazem o que desejam. Mas, se vocês são guiados pelo Espírito, não estão debaixo da Lei.
   Ora, as obras da carne são manifestas: imoralidade sexual, impureza e libertinagem; idolatria e feitiçaria; ódio, discórdia, ciúmes, ira, egoísmo, dissensões, facções e inveja; embriaguez, orgias e coisas semelhantes. Eu os advirto. como antes já os adverti: Aqueles que praticam essas coisas não herdarão o reino de Deus.
     Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio.Contra essas coisas não há lei. Os que pertencem a Cristo Jesus crucificaram a carne, com as suas paixões e os seus desejos. Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito. Não sejamos presunçosos, provocando uns aos outros e tendo inveja uns dos outros." (término da transcrição)

     Portanto, caríssimos irmãos em Cristo, algumas transgressões já são punidas aqui na terra, pela lei dos homens. Porém, a pior das condenações é a segunda morte que virá para todos os que não herdarão o reino dos céus.
     Mude, converta-se a Cristo, leia as escrituras. Lembre-se do diz a passagem "o meu povo peca por falta de conhecimento".

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

ASSASSINADAS POR SEREM CRISTÃS: UMA PESSOA MORTA A CADA 6 MINUTOS














FOTO: IGREJA NA SÍRIA

“ROMA – Massimo Introvigne, diretor do Centro de Estudos Novas Religiões (Cesnur), afirmou que durante o ano 2016 foram assassinados perto de 90.000 cristãos por causa da fé, quer dizer um a cada seis minutos aproximadamente, e que a maioria foram mortos em conflitos tribais na África.

Em declarações à Rádio Vaticano, informou que o “Center for Study of Global Christianity publicará no próximo mês suas estatísticas que falam de 90.000 cristãos assassinados por causa da sua fé, um morto a cada 6 minutos”. E indicou que esta cifra é menor que os 105.000 assassinados em 2014.

Sobre as cifras de 2016, Introvigne disse que dos 90.000 assassinatos, “70%, quer dizer 63.000, foram mortos em conflitos tribais na África. O Centro os inclui na estatística porque consideram que em grande parte se trata de cristãos que se negaram a tomar as armas por razões de consciência. Os outros 30%, quer dizer 27.000, morreram em atentados terroristas, destruição de vilas cristãs e perseguições do governo, como no caso da Coreia do Norte”.

Do mesmo modo, indicou que de acordo a três centros de estudos dos Estados Unidos e do Cesnur, “estima-se que entre 500 e 600 milhões de cristãos não podem professar a fé de modo totalmente livre”.

“Sem querer esquecer ou diminuir o sofrimento dos membros de outras religiões, os cristãos são o grupo religioso mais atingidos do mundo”, assinalou.

Durante a entrevista, Introvigne disse que no caso das perseguições do Estado Islâmico (ISIS), estão os casos de cristãos onde a Igreja “está estudando uma possível beatificação”; além disso estão os fiéis que decidiram conscientemente permanecer nestes territórios ocupados pelos terroristas no Iraque e na Síria “e continuar, como podiam, testemunhando a fé”.

O diretor do Cesnur lamentou que estas cifras mostrem que segue crescendo a intolerância em vários países. A intolerância “é a sala de espera da discriminação, e esta, à sua vez é a sala de espera da perseguição”, advertiu.

Entretanto, em meio deste clima, destacou “a atitude tranquila, nobre, muitas vezes exemplar das minorias cristãs submetidas a todo tipo de vexame” e que “raramente responderam à violência com a violência”.

“Na maior parte dos casos testemunharam serenamente sua fé, muitas vezes perdoando os perseguidores e rezando por eles”, concluiu.”